segunda-feira, 11 de junho de 2018

"Na tacinha das natas"

     No mês de maio, as professoras bibliotecárias dinamizaram várias sessões de leitura nas bibliotecas escolares de Oiã, Palhaça e Oliveira do Bairro, para 15 turmas do pré-escolar e 1º CEB.         As atividades iniciaram-se com a leitura e dramatização da história "Na tacinha das natas", adaptada por Marta Condesso, a partir de um conto oral. 
      Após alguns momentos de interação, todos os alunos tiveram oportunidade de fazer manteiga, tal como as rãs da história, a partir de natas frescas. 
      Por fim, foi só saborear!
      Afinal fazer manteiga é fácil e não é magia, é CIÊNCIA!...

Percurso Cultural da Lisboa

Eram sete da manhã,
o autocarro chegou.
P’ra Lisboa com afã,
o ledo grupo rumou.

Amália era o seu destino,
a guia o esperava,
cuidando que era divino
o local que lhe mostrava.



Alma tinha de fadista
este templo encantado.
E tudo o que tinha à vista
foi por ela decorado.



A malta foi de seguida
almoçar bem animada,
pela fome muito unida;
pelo gosto separada.

Barraca já tinha sido
o Palácio visitado,
de madeira construído
e na Ajuda situado.

Foi construído p’ra ser
a terramotos imune,
mas a vela fê-lo arder
num funesto e fero lume.

De traçado neoclássico
e mais tarde edificado,
o imponente Palácio
permanece  inacabado.





Vinha cheio de cultura
o grupo que regressou,
na boca vinha a amargura
do pastel que não provou.




quinta-feira, 22 de março de 2018

"Kiko, o dentinho de leite"


Na Biblioteca Escolar de Oiã, no âmbito do Projeto SOBE (Saúde Oral Bibliotecas Escolares), comemorou-se, no dia 21 de março, o Dia Mundial da Saúde Oral.
A “Doutora da Imaginação” leu o conto “Kiko, o dentinho de leite”, da autoria de Manuela Mota Ribeiro, com ilustrações de Mafalda Sá, aos alunos do Jardim de Infância.
As crianças escutaram com atenção o conto e mostraram-se entusiasmadas com a atividade.
Através desta história pretendeu-se não só desenvolver nos alunos capacidades de escuta e manutenção da atenção, procurando atraí-los cada vez mais para o mundo fantástico da leitura, mas também sensibilizá-los para a importância da higiene oral.





quarta-feira, 14 de março de 2018

Semana da Leitura e da Poesia


No dia 23 de março, no Quartel das Artes, realizou-se o sarau “Os dias da Poesia”, promovido pela Biblioteca Escolar, em parceria com o professor de História, António Travassos.
A fechar as comemorações da "Semana da leitura e da poesia", subiram ao palco alunos, professores e funcionários que declamaram e dramatizaram poemas, cantaram e dançaram, para uma plateia bastante animada.
Hoje fala-se muito da falta de empenho, da falta de responsabilidade, da falta de motivação dos alunos. De facto, no que diz respeito a atividades letivas, muitos jovens revelam frequentemente o seu desagrado. No entanto, em atividades que fogem à rotina da sala de aula, evidenciam motivação, empenho e responsabilidade.
Nesta noite de aula aberta à comunidade educativa, aos pais e aos encarregados de educação, os alunos mostraram, através das suas brilhantes prestações, que a escola ainda consegue seduzi-los.
Parabéns a todos os intervenientes.

terça-feira, 13 de março de 2018

Semana da Leitura e da Poesia


Nas escolas do AEOB, a semana de 19 a 23 de março foi dedicada à leitura e à poesia.
Alguns alunos do 10º D animaram a “Poesia sobre rodas”, declamando poemas aos passageiros do TOB, num dos trajetos de mais de uma hora.
Um grupo de alunos do 7º E e do 10º D declamou “Poesia à porta” em alguns espaços públicos e comerciais da cidade de Oliveira do Bairro (Biblioteca Municipal, Câmara Municipal, Correios, Jornal da Bairrada, pastelarias…)

quarta-feira, 7 de março de 2018

Concurso "Media@ção"


A Biblioteca Escolar de Oiã desafiou os alunos da turma O2 a participar no concurso “Media@ção” subordinado ao tema “Há vida para além da televisão, dos videojogos e da Internet”.

Os alunos e a professora aceitaram a proposta e, ao longo do 2.º período, sempre em articulação com a professora bibliotecária, foram dinamizadas várias sessões de sensibilização sobre a temática.

Posteriormente, em grupo, os alunos elaboraram pequenas narrativas, que partilharam com a turma, e escolheram uma para ser melhorada coletivamente. A história selecionada, depois de aperfeiçoada, foi dramatizada com recurso a fantoches. Com os registos sonoros e as fotografias tiradas durante a apresentação do teatro de fantoches foi elaborado um pequeno vídeo, que seguiu para o concurso.

Apesar de não ter sido premiado, foi muito estimulante e enriquecedor para todos os envolvidos participar neste projeto.

 


terça-feira, 6 de março de 2018

Convers@s com Biblioteca


“A ONU e os desafios à paz e segurança internacionais”

No dia 6 de março de 2018, teve lugar no auditório da ESOB um colóquio organizado pela Rede de Bibliotecas de Oliveira do Bairro, subordinado ao tema “A ONU e os desafios à paz e segurança internacionais”. A palestrante foi a Doutora Daniela Nascimento, da área de Relações Internacionais da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Assistiram à sessão alunos dos cursos de Línguas e Humanidades, Ciências Socioeconómicas e profissional de Marketing.
A sessão começou de forma animada, com um Quizz, em que os alunos puderam pôr à prova os seus conhecimentos sobre os órgãos da ONU, o seu funcionamento e os secretários-gerais.
De seguida, a conferencista fez uma retrospetiva sobre a história da ONU, desde a sua fundação à atualidade, apresentou os objetivos da organização e a seu papel na preservação da paz e da segurança internacionais. Salientou a importância do Conselho de Segurança, em particular o papel dos Capacetes Azuis nas intervenções militares humanitárias em várias regiões do mundo (por exemplo, Ruanda, Somália, Darfur, Afeganistão, Líbia e outras). Neste contexto, sugeriu aos alunos o visionamento do filme “Hotel Ruanda”, que retrata o extermínio de quase um milhão de pessoas.
Grande parte da comunicação foi dedicada à questão dos refugiados no mundo e aos esforços que a ONU tem envidado para minimizar os efeitos catastróficos deste problema.
Para concluir a sessão, foi aberto o espaço de diálogo, sendo colocadas questões como a urgência da reforma da ONU, o desempenho do seu secretário-geral, António Guterres, ou os constrangimentos levantados pelo facto de existirem países que têm “mais direitos” que outros, a saber, os membros permanentes do Conselho de Segurança…
                                                                                                              Conceição Janeiro






quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

O escritor sou eu...


Carla Maia


A escritora Carla Maia de Almeida dinamizou várias sessões de sensibilização à leitura para crianças do ensino pré-escolar e alunos do 1º CEB.
As obras foram exploradas em sala de aula e alguns alunos ofereceram à escritora trabalhos da sua autoria.






Palavras ao Palco


A Rede de Bibliotecas de Oliveira do Bairro, em articulação com o Quartel das Artes e o Departamento de Línguas, proporcionou aos alunos do 2º e 3º ciclo e ensino secundário a representação das peças que fazem parte das obras de Educação Literária - “A Fada Oriana”, “A farsa de Inês Pereira” e “O ano da morte de Ricardo Reis”.
A ida ao teatro revela-se muito positiva, pois facilita a compreensão das obras e permite educar os jovens, enquanto público.

Obras de leitura para a Final do concurso "Ouvir ler...Que prazer!"

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

"Meninos de todas as cores"


As professoras bibliotecárias, em articulação com os docentes do 1º ano, envolvidos no projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, leram, dramatizaram e exploraram a história "Meninos de todas as cores", de Luísa Ducla Soares, com o objetivo de sensibilizar os alunos para as diferenças existentes na sociedade global e o respeito que todas as pessoas merecem, independentemente da sua cor e de outras características culturais ou individuais.
Os alunos "embarcaram" nesta história e participaram com interesse e entusiasmo.








terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Convers@s com biblioteca



“Era uma vez um mundo sem abelhas”

No dia 20 de fevereiro, decorreu no auditório da Junta de Freguesia de Oiã e no Quartel das Artes, uma palestra subordinada ao tema “Era uma vez um mundo sem abelhas”, dinamizada por Henrique Azevedo Pereira, do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra, para 16 turmas envolvidas no Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular.
A atualidade e pertinência do tema, associadas ao trabalho já desenvolvido em sala de aula, sob a orientação dos professores, motivaram os alunos a colocar questões que foram sabiamente respondidas pelo palestrante.
No final de cada sessão, o palestrante manifestou o seu agrado pelo bom comportamento revelado pelos alunos.







Exposição na BE- Concurso de Rosas-dos-Ventos

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

O escritor sou eu...

Francisco Moita Flores


No dia 1 de fevereiro, o escritor Francisco Moita Flores visitou a ESOB, onde dinamizou uma palestra para alunos do ensino secundário sobre algumas das suas obras trabalhadas na sala de aula.
O escritor revelou-se um bom comunicador e contador de histórias e foi bastante apreciado quer por alunos quer por professores.






Era uma vez um mundo sem abelhas


ID- A tua marca na net