sábado, 7 de janeiro de 2012

"Conversas com Chá" - O metabolismo do RNA mensageiro, o seu controlo de qualidade e relevância nas doenças genéticas e cancro



Resumo

     Nas células humanas, o processo de expressão génica envolve múltiplos passos, desde a transcrição até às modificações pós-traducionais da proteína nascente, em que os RNA mensageiros (mRNAs) são o intermediário fulcral. O pré-mRNA é transcrito a partir do DNA e processado. O mRNA maduro é então transportado para o citoplasma, onde é traduzido para proteína e finalmente degradado. Sabe-se hoje que a maioria dos passos do processo de expressão génica, se não todos, podem ser regulados, o que permite o controlo espácio-temporal da expressão génica. Um dos objectivos das nossas actividades de investigação é estudar de que modo mutações associadas a diferentes doenças genéticas e cancro podem afectar o metabolismo do correspondente mRNA. A grande complexidade da expressão génica também torna o processo vulnerável a erros. No entanto, existem mecanismos celulares de controlo de qualidade que asseguram a fidelidade da expressão génica. No âmbito das nossas actividades, estamos também interessados em estudar estes mecanismos. Neste encontro, iremos apresentar e discutir diferentes aspectos da vida dos mRNAs e da sua relevância tanto na patofisiologia de diferentes doenças genéticas e cancro como na correspondente terapia.

Luísa Romão

Departamento de Genética; Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge; Av. Padre Cruz, 1649-016 Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário