sábado, 25 de junho de 2011

Teatro na Biblioteca

    Mais uma vez, ao longo deste ano lectivo, os alunos da disciplina de Teatro deram vida à Biblioteca e contribuíram para o enriquecimento dos espectáculos "Sarau Literário" e "Final do Concurso de Leitura em Voz Alta", com a representação de várias peças, sob a  orientação da sua professora, Ana Ferreira.
    A Biblioteca agradece este precioso contributo aos "actores" e respectivos encarregados de educação e  à Prof.ª Ana Ferreira.









quinta-feira, 23 de junho de 2011

Passatempo CHERUB



O Departamento de Línguas e a Biblioteca Escolar aderiram ao “Passatempo CHERUB", promovido pela Porto Editora com o objectivo de divulgar os livros desta colecção.


Os concorrentes responderam no dia 22 de Junho a um questionário sobre o livro a concurso “O Recruta” (o número 1 da colecção), que tiveram a oportunidade de ler ao longo da semana anterior.
Os quatro premiados  receberam o livro “A Seita” e uma camisola. Todos os concorrentes receberam um certificado de participação e vales de desconto para a compra de qualquer um dos livros já publicados:"O Recruta", "O Traficante", "Segurança Máxima", "O Golpe", "A Seita", "Olho por Olho" "A Queda" e "Cães Danados".


Se quiseres saber mais, clica aqui.


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Exposição de Candeeiros na Biblioteca

    Tem estado a decorrer na Biblioteca da Escola Básica Dr. Acácio de Azevedo uma magnífica exposição de candeeiros realizados pelos alunos do 7º E e 8º D, no âmbito da disciplina de Educação Tecnológica, sob a orientação da Prof.ª Lurdes Santos.
    Parabéns aos alunos e à professora.

domingo, 19 de junho de 2011

Exposição de Máscaras na Biblioteca

    Decorreu, ao longo do 2º período, uma exposição de máscaras realizadas pelos alunos do 7º F, sob a orientação da sua professora de Técnicas de Expressão Plástica, Carla Ferreira.
   Parabéns pelo óptimo trabalho.
   

Final do "Concurso de Leitura em Voz Alta"



    No passado dia 9 de Junho, realizou-se a Final da 3ª Edição do “Concurso de Leitura em Voz Alta”, no Centro Cultural Prof. Élio Martins.
    Esta actividade foi concebida e organizada pela Rede de Bibliotecas de Oliveira do Bairro com os objectivos de fomentar o gosto e o prazer da leitura, promover o contacto com obras de autores de Língua Portuguesa, proporcionar o convívio entre os participantes e educar para a competitividade saudável entre os jovens.
    Ao longo do ano realizaram-se três eliminatórias, onde participaram 104 alunos distribuídos por todos os ciclos do ensino básico e pelo ensino secundário das duas instituições escolares envolvidas: o Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro (AEOB) e o Instituto de Promoção Social de Bustos (IPSB).
    Nestas eliminatórias, repartidas pelos três períodos lectivos, foram-se apurando os melhores leitores, até aos cinco finalistas. Era divulgada uma obra, com um mês de antecedência, e a prova consistia na leitura de um excerto.
    Os livros seleccionados para as várias eliminatórias faziam parte do Plano Nacional de Leitura. Para a Final, os alunos do 1º ciclo leram “O Capuchinho Cinzento”, de Matilde Rosa Araújo; os do 2º ciclo, “ Ismael e Chopin”, de Miguel Sousa Tavares; os do 3º ciclo, “Vento, Areia e Amoras Bravas”, de Agustina Bessa-Luís; os do secundário, “O Anjo Branco”, de José Rodrigues dos Santos.
    O júri das três eliminatórias, constituído por cinco elementos - Luís Pessegueiro, professor do AEOB; Rosa Teixeira, professora do IPSB; Armor Mota, escritor bairradino, Joaquim Granjeia, poeta e declamador; Maria João Lopes, assistente técnica de biblioteca e documentação da Biblioteca Municipal de Oliveira do Bairro - avaliou a prestação dos concorrentes dos vários ciclos (de 0 a 10 pontos) nos seguintes parâmetros: audibilidade, articulação/dicção, entoação, regras de pontuação e expressividade. Integraram o júri da Final  a Chefe de Divisão de Bibliotecas e Museus e Coordenadora da Rede de Bibliotecas de Oliveira do Bairro, Cristina Calvo, e os escritores bairradinos, Armor Pires Mota e António Ramísio.
    Para cada nível de ensino foram definidos três prémios: MP5 Player, para os primeiros lugares, e jogos didácticos para os segundos e terceiros. Todos os premiados receberam um diploma de participação e uma colecção de livros. Os prémios foram adquiridos com o apoio das Juntas de Freguesia de Oliveira do Bairro, Oiã, Bustos, Troviscal e Palhaça e da Câmara Municipal.
    O espectáculo iniciou-se com um excepcional número de raios laser dinamizado por Joaquim Almeida, professor de Físico-Química do AEOB e um dos responsáveis pelo Departamento Educativo e de Comunicação da Fábrica Ciência Viva, em Aveiro. Seguiu-se a prestação dos concorrentes, que se foi alternando com participações de vários alunos convidados para dançar, cantar, tocar e dramatizar. A aluna Joana Teixeira (AEOB) dançou dança contemporânea; alunos do 7º B e C (AEOB) representaram duas peças - “Eva Borralheira do Século XXI” e “Branca de Neve” - sob orientação da professora de Teatro, Ana Ferreira; alunos do 8º G (AEOB) representaram a peça “Direitos Humanos”, orientados pela professora de Área de Projecto, Nazaré Freitas; os alunos Maria Eduarda Mota e Marco Silva (IPSB) interpretaram um tema da banda "Delfins"; as alunas Catarina Martins e Daniela Martins (AEOB) tocaram duas peças para clarinete e o quarteto de cordas da Escola de Artes da Bairrada (Mariana Oliveira Inês Oliveira e Laura Oliveira – violinos - e António Cardoso - violoncelo) interpretaram Bach e Goug Spata.
    Sob grande expectativa, dada a grande qualidade das provas, foram anunciados os vencedores dos vários níveis de ensino. Ficaram colocados, nos primeiros lugares, Bruna Ferreira (1º Ciclo - IPSB), Delfina Gonçalinho (2º Ciclo - AEOB), Diana Oliveira (3º Ciclo - AEOB) e Jéssica Ferreira (Ensino Secundário - AEOB); nos segundos lugares, Daniela Ferreira (1º Ciclo - IPSB), Ana Oliveira (2º Ciclo – IPSB), Cláudia Guedes (3º Ciclo – IPSB) e Inês Picanço (Secundário – IPSB); nos terceiros lugares, Flandrea Palabra (1º Ciclo – IPSB), Joana Teixeira (2º Ciclo – AEOB), Diogo Henriques (3º Ciclo – AEOB) e Nídia Quintela ( Secundário – AEOB).
    A Biblioteca agradece o contributo das Juntas de Freguesia de Oliveira do Bairro, Oiã, Toviscal, Bustos e Palhaça e da Câmara Municipal para a aquisição dos prémios.
    Parabéns aos vencedores e um agradecimento muito especial a todos os concorrentes do AEOB e aos alunos e professores que participaram neste espectáculo, contribuindo para o seu êxito.




domingo, 5 de junho de 2011

V Percurso Literário - "Ao Encontro de António Gedeão / Rómulo de Carvalho



Bibliotecas do AEOB e do IPSB



    No dia 28 de Maio lá fomos nós rumo a Coimbra “Ao Encontro de António Gedeão/Rómulo de Carvalho”. O dia prometia… O céu estava limpo, o sol radioso, a temperatura agradável para quem gosta de tempo quente e os participantes bastante animados.

Chegámos à Praça D. Dinis da Universidade de Coimbra à hora prevista e dirigimo-nos logo para o Departamento de Física, onde funciona o Centro de Ciência Viva Rómulo de Carvalho (CCVRC). Aí fomos recebidos pela Dr.ª Maria João, bibliotecária do CCVRC, que nos encaminhou, através de um longo e escuro corredor, para o anfiteatro, local onde o Professor Doutor Carlos Fiolhais, Director do CCVRC, nos iria falar de “Ciência na Poesia de António Gedeão”.
O dia já estava ganho… Comunicador por excelência, o Professor Carlos Fiolhais, numa linguagem clara, acessível e bem-humorada, proporcionou-nos um encontro muito agradável com António Gedeão/Rómulo de Carvalho. Começou a sua intervenção apresentando-nos as razões que justificaram a criação do CCVRC, nomeadamente, a homenagem que este Departamento quis prestar ao grande cientista, professor, pedagogo, historiador, ilustrador e poeta Rómulo de Carvalho. Contou-nos alguns dos episódios mais marcantes da sua vida e realçou o grande contributo dado ao ensino da Ciência em geral e da Física em particular, bem como a originalidade da sua obra literária - a simbiose perfeita entre a ciência e a poesia, a vida e o sonho…
A poesia esteve muito presente nesta palestra. Os poemas “Pedra Filosofal”, “Poema para Galileo”, “ Máquina do Mundo”, ”Lágrima de Preta”, e “Poema do Coração” mereceram destaque especial. Os alunos Jéssica Ferreira, Hugo Luís e Natália Mozolev (do IPSB) prontificaram-se a recitar três deles e o Professor Carlos Fiolhais declamou os restantes. A assistência acompanhou com muito interesse este momento, aplaudindo vivamente.
“Memórias”, a obra póstuma de Rómulo de Carvalho (para instrução e divertimento dos seus tetranetos), também foi referida e aconselhada. Este “romance de uma vida” apresenta as suas vivências na sociedade em que nasceu, se tornou adulto e trabalhou, ao longo de quase um século de vida. É também rica em informação, especialmente no que concerne à evolução da escola e do ensino em Portugal.
Depois do almoço, na frondosa Mata do Choupal, demos cumprimento à segunda parte do percurso: a visita à Biblioteca Joanina, Prisão Académica e Capela de S. Miguel.
Quem não sabia ficou a saber que na exuberante Biblioteca Joanina há uma colónia de morcegos que ajudam a conservar os livros, comendo os insectos que deles se alimentam. O estilo é barroco e o custo da obra foi suportado pelo ouro vindo do Brasil, no reinado de D. João V, cujo retrato sobressai na parede do topo do edifício. Tem mais de 200 000 livros que poderão ser consultados, se para isso for feito um pedido, justificando os motivos pelos quais se querem consultar.
Ficámos também a saber que era na Prisão Académica que os alunos “mal comportados”, segundo os padrões educacionais da época, cumpriam alguns castigos.
Da capela de S. Miguel, de estilo manuelino, último monumento a visitar e depois de um compasso de espera – estava a realizar-se um casamento - merece especial destaque o imponente órgão barroco (1713), com caixa decorada com motivos chineses e o revestimento azulejar da capela-mor e do altar-mor que data de 1613.
Regressámos a Oliveira do Bairro mais ricos e, certamente, com vontade de conhecer mais sobre este escritor e leitor ávido, que absorvia o que de mais interessante encontrava, para, a partir daí, produzir a sua obra.
No próximo ano, o VI Percurso Literário, provavelmente, será “Ao Encontro de Luís de Camões e Fernando Pessoa”.
Até lá.


Fontes
BIBLIOTECA NACIONAL- Memórias. [acedido a 30, Maio, 2011]. Disponível em URL: http://purl.pt/12157/1/outros-textos/memorias1.html
FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN - Fundação publica memórias de Rómulo de Carvalho. [acedido a 30, Maio, 2011]. Disponível em URL: http://www.gulbenkian.pt/index.php?article=2873&format=404

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Final do "Concurso de Leitura em Voz Alta"

    Convidamos todos os nossos amigos e família a assistir à Final do" Concurso de Leitura em Voz Alta", que se realizará no dia 9 de Junho, pelas 20h30, no Centro Cultural Prof. Élio Martins.
    Este serão vai ser muito variado. Temos um espectáculo de raios laser, dança contemporânea, teatro...Apareçam!