sábado, 27 de março de 2010

José Fanha no Centro Escolar de Oliveira do Bairro

O escritor José Fanha esteve no dia 24 de Março na Biblioteca do Centro Escolar e todos os alunos tiveram oportunidade de o ouvir e partilhar algumas experiências de leitura com ele.

As obras abordadas pelos alunos foram “O dia em que a barriga rebentou”, “O dia em que o mar desapareceu”, “O dia em que a mata ardeu” (estas três com uma função pedagógica muito marcante), “Os sapatos do Pai Natal” e “A porta”. Todas foram do agrado dos alunos que as acharam muito interessantes, com muita musicalidade e algum sentido de humor.

Durante as sessões com o escritor os alunos divertiram-se com a forma simpática e descontraída com que o poeta a eles se dirigiu, as suas declamações e a forma como conta histórias.

Foi um dia muito especial e os alunos passaram a gostar um pouco mais da leitura e da escrita!

segunda-feira, 22 de março de 2010

Semana da Poesia - Ao Sabor da Poesia



Rede de Bibliotecas do Concelho de Oliveira do Bairro

Com o patrocínio da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, de 15 a 21 de Março, comemorou-se a “Semana da Poesia - Ao Sabor da Poesia” em todas as bibliotecas da Rede de Bibliotecas do Concelho de Oliveira do Bairro.
        Nas duas bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro a Poesia saiu dos livros e da inspiração dos nossos alunos, orientados pelas respectivas professoras de Língua Portuguesa, e percorreu toda a Escola, desde a Biblioteca, até ao Gabinete do Director, passando pela Sala de Professores e dos Funcionários, Secretaria e Cantina.
No dia 15, a poetisa Helena Pires, autora dos livros “Tretaletra” e “Meia História”, percorreu quatro escolas do 1º CEB (Quinta Nova, Vila Verde, Passadouro e Troviscal) e no dia 18, de manhã, esteve na Biblioteca da escola sede, onde as turmas do 2º ciclo a esperavam. Através da sua poesia, a poetisa conseguiu, de uma forma lúdica, juntando sentidos, ritmos e sons, exercitar a atenção e a criatividade dos alunos. 



                                                                  
O que os alunos disseram:

“Foi interessante porque o tema desenvolvido tornou-se uma magia.”
                                                                       Inês Ferreira, 5º C

“No início, pensava que ia ser aborrecido, mas, afinal, quando a poetisa começou a recitar os seus poemas, foi como se uma alegria me invadisse o coração."
                                                           Carolina Santos Marques, 5º C

No dia 16, no Átrio do Pavilhão 3, três alunas do 7º C, Katryna Petrova, Maria Manuel Santiago e Sara Barbosa, orientadas pela professora de Teatro, Ana Cristina Ferreira, e o declamador Joaquim Grangeia recitaram/dramatizaram poemas de autores consagrados da poesia portuguesa.  Desta vez, foram as turmas do 3º ciclo que puderam apreciar esta forma sentida de dizer poesia. No dia 17, pela manhã, os alunos do Centro Escolar puderam também ouvir deliciados o declamador Joaquim Grangeia.

Ainda na manhã do dia 16, de uma forma improvisada, a prof.ª Sandra, o prof. Carlos Quintaneiro e a prof.ª bibliotecária orientaram os alunos para a leitura dos excertos dos “poemas doces”, que muito divertiu os discentes e animou a biblioteca.


No dia 16, à tarde, a poetisa Marineide Simões apresentou a sua obra “Canto e Amanhece” a todas as turmas do 8º ano e à turma de Pintura do Curso de Educação e Formação. A autora foi apresentada pela Directora da Escola, Júlia Gradeço, sua antiga professora, que enalteceu a forma corajosa como conseguira ultrapassar as dificuldades encontradas ao longo da sua vida de estudante. Na sua alocução, Marineide Simões  sublinhou que esta obra tinha para si um grande significado, pois representava a concretização do sonho que a acompanhava desde criança, a sensação de liberdade, de fuga à condição de prisioneira da sua própria natureza. Falou aos alunos da importância da escola e dos professores na descoberta das suas vocações e aconselhou-os a acreditarem nos seus sonhos, por mais utópicos que lhes pudessem parecer, e na possibilidade de os concretizarem. Recitou também três poemas da sua colectânea “ Liberdade”, “A Bailarina” e “Inês de Castro”, que traduzem os dois grandes géneros em que se divide a sua obra: o épico e o lírico. Os alunos ouviram atentamente esta grande comunicadora, que já tem praticamente completo o seu segundo livro, e puseram algumas questões, que foram sabiamente respondidas.

 No dia 19, alunos do 2º ciclo, no intervalo grande da manhã, declamaram poemas a gosto, alguns da sua própria autoria. Foi uma actividade bastante dinâmica, em que os alunos deram o seu melhor.

Durante toda a semana esteve patente na Biblioteca uma exposição de poemas realizados pelos alunos (Ana Margarida Araújo, Beatriz Rodriguez, Delfina e Mariana Abreu, 5º A;  Ana Rita, Joana Mesquita, Maria Lopes,  Marta Ferreira e Rosana, 5º E; Joana Carvalho e Mafalda Fernandes, 6ºA; Magalie Oliveira, 6º C; Leandro, 6º D; Beatriz Rato, 7º A; Ana Filipa Costa, 7º B; Andreia Santos e Elodie Oliveira, 8º A;  turmas do 5º A e 5º B, 6º A e 6º C) nas aulas de Língua Portuguesa e uma exposição de biografias dos autores dos poemas anexados aos rebuçados que foram distribuídos pelos alunos, professores e funcionários, no âmbito da actividade “Doce Poesia”. Na Biblioteca do Centro Escolar os alunos tiveram oportunidade de criar poemas que ficaram a “corar num estendal”.
E porque a poesia tem sabor e os sabores também se confeccionam na cantina, os tabuleiros, trajados a rigor, juntaram-se à festa.


Foi uma semana em que os alunos puderam sentir a poesia de diferentes formas e desenvolver o seu gosto por este género literário.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Divulgação dos livros para a 3ª Eliminatória do "Concurso de Leitura em Voz Alta"






2º ciclo

"Tretaletra", de Maria Helena Pires










"A Chuva Pasmada", de Mia Couto








      Estas são as obras que tu deves ler, preferencialmente na Biblioteca,  para te preparares para a 3ª Eliminatória do "Concurso de Leitura em Voz Alta", que se realizará no dia 21 de Abri, pelas 14h30.
     

Semana da Poesia